Declaração Coporative Sobre Pesquisa Com Animais

A Administração de Alimentos e Medicamentos dos Estados Unidos (Food and Drug Administration, FDA, em inglês) e outras agências regulatórias mundiais de saúde solicitam que os fabricantes de produtos farmacêuticos protejam pacientes e consumidores mediante o estabelecimento de métodos aprovados e validados frente à qualidade do produto, segurança e eficácia, incluindo pesquisas em animais (em alguns casos).

A Allergan se orgulha em atestar que depois de mais de uma década de pesquisa, desenvolvimento e de investimento de aproximadamente 65 milhões de dólares reduziu a necessidade de utilizar animais nos ensaios clínicos da Toxina Botulínica A, tendo aprovada em 2011 a primeira pesquisa in vitro a base de células de ensaio para uso na estabilidade e comprovação do estudo requerido para a comercialização da substância nos Estados Unidos pela Administração de Alimentos e Medicamentos dos Estados Unidos (FDA).

Esta se tornou a primeira pesquisa desenvolvida e aprovada para ser utilizada em qualquer neurotoxina botulínica disponível em nível mundial, incluindo a Toxina Botulínica A. Com este feito, a Allergan estima que o uso de seu novo ensaio reduzirá os testes com animais em até 95% nos próximos três anos e trabalha para fazer o mesmo nos países onde o produto é comercializado e distribuído.